Engajar pode ser divertido

Proporcionamos experiências de aprendizagem criativas. Sempre provocando a diversão como ingrediente fundamental para um aprendizado mais efetivo e memorável que as abordagens de treinamento convencionais.

Esse é o nosso DNA.

Pode ser na forma de um workshop, uma  convenção, na estruturação de uma integração (onboarding) de novos funcionários, ou no desenvolvimento e implementação de ações para disseminação e fortalecimento da cultura das empresas.

Por trás de uma experiência FábricaRH, existe uma metodologia de engajamento por meio de jogos e atividades gamificadas, testada, desenvolvida e aprimorada ao longo de mais de 10 anos de atuação nos mais diversos projetos, segmentos e clientes.

Nossa expertise é transmitir conteúdos complexos de forma leve, levando as pessoas a de fato agir e incorporar o que foi discutido.

FLAVIO YOSHIMURA . [sócio]

7:30 da manhã. O professor decompunha o movimento de um corpo em queda livre em seus eixos vetoriais. Olhando para a grama úmida da USP, pensei: o que estou fazendo aqui? Larguei a Engenharia Naval de olho em Publicidade mas antes tinha o treino para vestibular em uma tal de FGV. Entrei sem nunca ter cogitado Administração ou ouvido falar da escola. No final do primeiro dia de aulas, decidi: gostei. Entender mesmo de RH só já como trainee no Banco Nacional ou consultor na Hewitt Associates. Criativo, inquieto e empreendedor, veio o que parece hoje inevitável: abrir a própria consultoria. Mas não sozinho. Nada como outras pessoas estimulantes preparando um jogo complexo ou um grande treinamento, com os participantes surpresos e contentes no final. Senão seria só um workaholic sem estímulo para as viagens, filmes, festas e espetáculos que tornam essa constante diversão possível.

MONICA LAUB . [sócia]

Gosto de me lembrar que sou parte da natureza. Me sinto em contato comigo, com minha essência, quando estou em lugares em que ela ainda prevalece. Por isso sempre que posso escolho viver experiências com explorar a Antártica, o Atacama, velejar em qualquer mar ou simplesmente ir para meu canto em Atibaia, cheio de flores, borboletas e vida em família. Cachorros são minha paixão e tenho sorte de ter tido filhas caninas que fizeram e fazem meus dias mais felizes. Em breve, um serzinho humano chegará para fazer parte da minha vida, afinal gostar da natureza também é gostar do ser humano, com todas as suas belezas e estranhezas. Eu gosto de interagir, de observar as vidas e de contribuir para que tenham um pouco mais de sentido. Foi por isso que me envolvi profissionalmente com o desenvolvimento de pessoas e também com a sustentabilidade. É por isso que a FábricaRH dá sentido à minha vida!

FERNANDA FACCHIN

Psicóloga especializada em RH, tenho um olhar muito particular sobre o mundo e procuro enxergá-lo sempre com bom humor. Talvez por isso eu goste tanto de piada. Mais do que de piada, eu gosto de falar. E, assim, tagarela assumida, busco sempre estar rodeada por familiares e amigos. Quando criança, era ginasta e sonhava em ser dançarina. Os palcos deixaram de fazer parte da minha vida, mas os esportes – outra paixão – não. Como boa virginiana, prezo pela independência e pela liberdade, observo tudo e todos o tempo inteiro e exagero nas críticas (sobretudo nas auto críticas).

ANA BENEVIDES

Sou uma pessoa bem inquieta e não gosto de ficar parada no mesmo lugar por muito tempo. Nasci no Rio, fiz faculdade em Minas e hoje estou em São Paulo. Esse desassossego alinhado a curiosidade pelo que era novo me fizeram acreditar que Turismo seria a faculdade ideal para mim. Me formei na UFJF em 2008, comecei a trabalhar e descobri que odiava Turismo! Começou assim minha incrível jornada pelo autoconhecimento e, em algum momento entre aceitar novas ideias e largar velhas ideologias, descobri a Administração. Descobri também que risadas diárias, família, livros, gatos e cachorros, maratonas de seriados, amigos, comidinhas e bebidinhas, filmes, cobertor e praia são a tradução da felicidade para mim. Mas, somente após minha imersão no mundinho de inteligência e criatividade da FábricaRH, percebi que, quando você para de tentar controlar as coisas, acaba exatamente onde deveria e queria estar.

CRISTIANE GAZANA

Primeiro, jornalista. Nunca pensei em ser outra coisa; achava que me comunicava melhor com o papel, talvez por ser alguém que ouve mais do que fala. Aí veio a marqueteira, depois a cantora e a locutora, que ampliaram minhas formas de expressão.

Documentei o trabalho escravo boliviano quando isso era novidade. Fiz plantão em delegacia. Usei meu tamanho – pequeno, é verdade – para tirar a melhor foto entre os colegas mais altos. Falei com gente importante.

A comunicação corporativa veio como um “será?!” e, de repente, descobri ser capaz de ajudar pessoas a entenderem o ambiente onde estavam, melhorar seu modo de lidar com o trabalho, a carreira, a vida.

O anseio de saber me leva a crer que sempre é possível aprender mais um pouco – com livros, pessoas, a natureza, o mundo. Para mim, tudo está integrado. A visão do todo me faz entender melhor o detalhe e isso me ajuda a criar novos caminhos e possibilidades, seja lá no que for.

Tenho em mim a alquimia dos sonhos; sonhos que me colocam de pé, transformam quem sou e me levam adiante, dia após dia.

ELIETE PINHEIRO [administrativo]

Em Salvador, não existe época para se comer acarajé, jogar capoeira e pular carnaval. Essas são minhas raízes culturais, que trouxe em minha bagagem quando vim para esta cidade de arranha céus. Junto a esse povo arretado, construí uma linda família: eu, meu esposo, duas filhas e uma neta. Aqui também tive as minhas principais oportunidades de trabalho, por isso sinto-me abençoada por Deus, por ter vivido experiências que me ensinaram a nunca desistir dos meus sonhos.

RAISSA ARAÚJO [designer]

Nem muito pra lá, nem muito pra cá. Acredito tanto que é no “entre” que as coisas acontecem, que às vezes me vejo vivendo no tempo de duração da claridade de um crepúsculo. Sim, gosto de metáfora e, também, de aceitar convites/desafios sem pensar, só pela graça de viver e ver no que vai dar. Eu dou um jeito, deixo de lados os possíveis “mas…”, vivo a insônia com pijamas de mãos dadas com a persistência. Ora ando em bandos, ora faço um baile sem convidados, hora gosto de sentir o vento no alto de qualquer lugar e na mesma hora sinto vontade de mergulhar num rio. Ouço, ouço demais porque coleciono histórias, abraço e calço o sapato do outro. É por aí, nessa multiplicidade, inquietude e interesse pelo outro que me envolvi profissionalmente com a escrita, no Jornalismo, com o audiovisual, o design gráfico e o teatro para contar histórias onde for possível.

ASSOCIADOS E PARCEIROS

A FábricaRH é ainda mais do que essas pessoas que apresentamos aqui. Além de todas as experiências, metodologias e conhecimentos acumulados em nossa trajetória, desenvolvemos uma ampla rede de parceiros que é acionada sempre que os desafios de um projeto assim o exigem. Seja a habilidade para facilitar um grupo, certo conhecimento técnico, um traço design que nos encanta ou uma competência rara que é essencial para um projeto, contamos com uma rede de talentos para que as entregas se tornem memoráveis e eficazes como sempre fazemos questão que sejam.

Quer conhecer as novidades da FábricaRH sobre o tema? Deixe seu e-mail! Fique tranquilo, não gostamos de spam.

 

Interesses

8 + 14 =

Siga a FábricaRH

 

T: +55 11 3459 9029
contato@fabricarh.com.br

Rua Sampaio Viana, 253 . conj. 75
Paraíso  .  04004-000
São Paulo . SP . Brasil